“A democracia foi fraturada”, afirma o líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia

18

“Mais um dia que manchará para sempre a nossa história. Em 64 sofremos um golpe militar. Hoje a nossa recente e frágil democracia sofre um novo golpe. Dessa vez, moderno e cruel. Um golpe contra uma mulher inocente e contra uma nação”, declarou o líder do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Rosemberg Pinto.

Para Rosemberg Pinto, a luta não acabou, ela apenas recomeçou. “Faremos uma oposição contundente a este governo que nasce de uma trama dos “poderes”. Estaremos atentos, a partir de hoje, a todos os novos golpes contra as conquistas sociais que levamos mais de 13 anos para alcançar. Nosso dever sempre foi lutar e defender o povo brasileiro, agora não seria diferente”, enfatizou.

Compartilhar