Em sessão na Assembleia Legislativa, deputados do PT protestam contra a prisão do ex-presidente Lula

8
Francisco Proner Ramos

Na tarde desta segunda-feira (09), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), os deputados estaduais Joseildo Ramos e Bira Corôa, que compõem a Bancada Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), demonstraram profundo repúdio a prisão arbitrária do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo Joseildo Ramos, Líder do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa da Bahia, o Brasil vive um estado de exceção, pois as leis que regem o país estão sendo desconsideradas. “Estamos assistindo perplexos aos absurdos que Lula vem sendo submetido. O judiciário se apequenou, ao vergar-se de forma vergonhosa a realização de um espetáculo dantesco. Lula é preso político”.

O Líder Joseildo aproveitou o discurso para tecer críticas a forma como o Presidente ilegítimo, Michel Temer, vem conduzindo o cargo político mais importante do país. “Esse Governo que está aí não exerce o plano de gestão que o povo elegeu, contribuindo para o estado de exceção que estamos vivendo”, conclui.

O deputado Bira Corôa protestou contra o papel da imprensa na prisão do presidente. Para o parlamentar, a mídia teve papel fundamental no golpe sofrido pela presidenta eleita Dilma Rousseff, e continua até os dias atuais. O deputado ressaltou o espírito agregador de Lula, que nos momentos mais difíceis consegue se reerguer e exercer seu papel de grande líder do povo. “No período em que estive na cidade de São Bernardo do Campo, pude constatar e testemunhar como se deve conduzir um papel de liderança. Luiz Inácio Lula da Silva coloca o bem coletivo acima do pessoal. Com certeza retornei com menos vaidade e mais disposição”, aponta o deputado.

Compartilhar