#MulheresdeCoragem – a história de Maria Felipa

19

Conhecida como a heroína negra da Independência da Bahia, Maria Felipa de Oliveira nasceu na Ilha de Itaparica (Bahia), mas a data é incerta. Descendente de negros escravizados, vindos do Sudão, esta baiana era marisqueira, pescadora e trabalhadora braçal. Mulher, negra e pobre, Maria Felipa demonstrou força, coragem e resistência durante o ano de 1822. Era responsável por liderar a população na defesa da Ilha de Itaparica contra as tropas portuguesas que tentavam invadir o local. Vigiavam a praia durante todo o dia e noite e depois repassavam as informações para o Comando do Movimento de Libertação. Um grupo com 40 mulheres e liderado por Maria Felipa, conseguiu tocar fogo em mais de 40 embarcações lusitanas. Mesmo após a Independência, Maria Felipa não descansou da sua luta. Permaneceu na batalha por direitos e igualdade entre o povo de Itaparica. Faleceu no dia 4 de julho de 1873, e deixou uma história de luta e resistência entre o povo baiano.

Compartilhar