#MulheresdeCoragem: Major PM Denice Santiago, heroína de farda!

22

A heroína de hoje na série #MulheresdeCoragem é baiana e usa farda! Denice Santiago Santos do Rosário, mais conhecida como a Major PM Denice Santiago, é responsável pela Ronda Maria da Penha, que protege todos os dias mais de 600 mulheres no Estado.

A trajetória da Major começou muito cedo. Com apenas 18 anos, ela ingressou na primeira turma feminina da Polícia Militar da Bahia. Em 2006, incentivada por depoimentos de colegas que sofreram pressão psicológica dentro das corporações, ela deu início ao Centro de Referência Maria Felipa. O projeto, que foi pioneiro no Estado, garante direitos e melhores condições de trabalho para as mulheres no batalhão. Sua dedicação a frente do Centro de Referência encorajou mulheres de policiais a relatarem denúncias de violência doméstica. A partir de então tomou conhecimento de diversos casos existentes em diferentes lares na Bahia. Entre alguns relatos, a Major PM Denice recebeu queixas de agressões verbais, perseguição e mutilação em todo o Estado.

Nascia assim a Ronda Maria da Penha. Criada pela Major com o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia, a ronda passou a atender diversas mulheres que sofreram algum tipo de violência, tanto na capital como no interior. Apelidada de Salvadores de Maria, a Ronda Maria da Penha realiza visitas diárias as mulheres em situação de violência doméstica e que estão em Medida Protetiva de Urgência na Bahia. Atualmente, a ronda faz patrulhas em Salvador e em mais oito municípios baianos e tornou-se referência em outros estados.

Um dos trabalhos também desenvolvido pela Major PM Denice são as atividades reflexivas e de empoderamento no seu batalhão.  Seu comprometimento e dedicação permitiram e permitem salvar e restaurar diversas vidas de mulheres, tanto dentro como fora da corporação.  Hoje, dia 12 de março de 2018, a Major PM Denice Santiago foi agraciada com a Comenda 2 de Julho na Assembleia Legislativa da Bahia. A honraria é considerada a maior condecoração concedida pela Casa Legislativa. Proposta pelo Deputado Estadual Marcelino Galo (PT), a Comenda 2 de Julho foi uma forma de homenagear e reconhecer todo o trabalho desenvolvida por esta heroína, e hoje Comendadora, que diariamente salva centenas de mulheres em situação de risco.

Compartilhar