Quem assumirá a autoria dos atentados cometidos por Temer, questiona deputada Neusa

4

Em pouco mais de um ano de governo Temer a população brasileira sente os efeitos da crise provocada pelo golpe parlamentar que retirou Dilma Rousseff da presidência da República. Nesta quarta-feira (7), a deputada estadual Neusa Cadore (PT) avaliou os impactos da crise na vida do povo brasileiro. Segundo Neusa, é preciso intensificar as mobilizações sociais para retirar o presidente corrupto e realizar eleições diretas.

Neusa lembrou que os principais atores do golpe estão sendo presos ou investigados e que os brasileiros já compreenderam como o PSDB, o PMDB e aliados planejaram para assaltar a democracia e barrar as investigações da operação Lava Jato. “Eduardo Cunho, Henrique Eduardo Alves, Aécio Neves, Rocha Loures, Romero Jucá, Geddel e tantos outros personagens dessa história real planejaram o golpe e aos poucos estão sendo presos pela Polícia Federal”, lembra a deputada.

“Temer mostrou para o que veio. Com sua agenda nefasta para atender ao mercado e aos empresários, a exemplo de Josley Batista, Temer promoveu um verdadeiro desmonte dos programas sociais construídas nos governos do PT. Cortes em Programas como o Minha Casa Minha Vida e encerramento de outros como o Farmácia Popular e o Ciência sem Fronteiras, além do congelamento dos investimentos públicos por 20 anos são algumas das atrocidades cometidas”, afirma Neusa.

A parlamentar ressaltou ainda que Brasil perde com a abertura do pré-sal ao capital estrangeiro capitaneada pelo senador investigado José Serra (PSDB), além de projetos para entregar as terras aos estrangeiros, a abertura da Amazônia para os Estados Unidos e a política que persegue e tenta aniquilar os povos indígenas. Neusa destacou outros absurdos como a reforma do Ensino Médio sem diálogo com a comunidade escolar e a retirada da obrigatoriedade de disciplinas como Filosofia e Sociologia.

“Estamos vendo as privatizações e o desmonte dos bancos públicos, os projetos da Terceirização, da Reforma da Previdência e Trabalhista são verdadeiros atos terroristas contra os direitos dos trabalhadores, as mulheres, os jovens e os trabalhadores rurais. Quem assumirá a autoria desses atentados cometidos por Temer contra os brasileiros? Os aliados de Temer, a mídia golpista ou algum grupo terrorista?” questiona a deputada Neusa.  

Compartilhar