Sistemas de água para zona rural de Malhada serão concluídos

12

O funcionamento de quatro sistemas de abastecimento de água, construídos em diferentes períodos pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), finalmente pode se concretizar para beneficiar várias comunidades do município de Malhada. Para isso, iniciativas decisivas foram adotadas em reunião articulada pelos deputados Waldenor Pereira e Zé Raimundo, realizada na última segunda-feira (22), em Salvador, com as instituições envolvidas: Codevasf (responsável pela construção) e Embasa e Cerb (órgãos com função de operação).
 
O encontro foi resultante de esforços dos parlamentares, em atenção às solicitações do ex-prefeito Gimmy e dos vereadores Jorge Aragão, Juliene Nunes, Manoel Messias, Manoel Rufino e Cristiano Magno. A Codesvasf esteve representada pelo Chefe do Escritório de Representação de Salvador, Leandro Gaudenzi, e o diretor da Área de Desenvolvimento e Infraestrutura, Sérgio Coelho; a Embasa pelo seu presidente, Rogério Cedraz, o chefe de gabinete, Bento Ribeiro, além dos Diretores Ubiratan e Rita; e a Cerb pelo presidente, Marcos Bulhões e pelo engenheiro Adoniran.
 
Para o Sistema de Canabrava, que beneficiará as comunidades de Serra do Justino, Lagoa dos Patos e Barreiro Grande, o secretário Cedraz autorizou imediata visita técnica visando à ampliação de 10 quilômetros da adutora de Água Bruta. No caso do Sistema 2, que abrange Serra João Alves, Pedrinhas, Riacho Seco , os representantes do governo do estado vão cobrar da Coelba a imediata instalação de energia elétrica. Já no Sistema 3 (Julião, Tomé Nunes, Mucambo, Canto do Riacho, Esperança, Ilha três e Ilha do Zezé) será realizado um teste com gerador, seguido de solicitação de ligação de energia.  Enquanto o Sistema 4 (destinado às localidades de Parateca, Pau D’Arco e Vila Nova), que foi construído há mais quatro anos, falta energia de baixa tensão e a recuperação de tubulações e bombas, para depois o estado solicitar a ligação elétrica e se responsabilizar pela sua operação.
 
Ao final da ampla e representativa reunião, os deputados comemoraram.  Para Waldenor Pereira, que esteve recentemente reunido, em Brasília, com a presidente da Codesvasf, Kênia Régia Marcelino, e também com Zé Raimundo e os vereadores de Malhada, nas Presidências da Embasa e Cerb, o resultado valeu o esforço: “Finalmente, depois dessas várias iniciativas, os nossos mandatos conseguiram colocar na mesa de reunião os órgãos envolvidos, que adotaram medidas concretas para solucionar o problema do interior do município de Malhada, que apesar de ser doador da adutora do algodão para atender outra dezena de municípios da região, paradoxalmente padece de falta de água na zona rural”, avaliou. Zé Raimundo comentou: “É mais um esforço dos nossos mandatos e do governador Rui Costa para possibilitar melhores condições de vida para os municípios, especialmente para a população que enfrenta o problema de abastecimento de água”.
Compartilhar